Sindrome do Tracto ílio Tibial – lesão comum em ciclistas e atletas de corrida

Síndrome do Trato Ilio Tibial – lesão comum em atletas de corrida e ciclistas

 

Também conhecido como Síndrome da Banda ílio tibial é uma dorzinha na região lateral do joelho, ela se dá pela fricção da banda iliotibial com o trato. Muito comum em atletas de corrida, principalmente

quando está correndo na subida ou na descida, onde o joelho não dobra muito, ficando em uma angulação de 25 a 35 graus. O que é o trato ílio tibial?

O Trato Íliotibial (TIT) é uma fáscia longa localizada na face lateral da coxa. Origina-se de um pequeno feixe muscular no osso ilíaco na pelve onde é denominado de tensor da fáscia lata.

Uma de suas causas é o desbalanceamento muscular, causado entre agonistas e antagonistas e também a falta de alongamento muscular.

Outro esporte muito susceptível a esta lesão é o ciclista, pelos mesmos motivos dos atletas de corrida e também pela “ausência”do bike fit, onde o atleta não fica com boa postura na bike.

Esta patologia raramente é grave a ponto de necessitar tratamento cirúrgico, mas pode ser extremamente desconfortável e afastar os atletas de suas atividades.

Ela é uma patologia causado por overuse, muito comum em atletas de corrida e de longa distância, corredores com pés pronados estão mais susceptíveis a esta lesão, pois faz com que aja um esforço excessivo no joelho no intuito de corrigir a pisada, alguns casos também de pessoas com fraqueza da musculatura glútea, pois o glúteo é responsável pela rotação do quadril.

Quais as suas causas?

  • Fraqueza muscular, causando desíquilibrios entre agonistas e antagonistas
  • Falta de alongamento muscular
  • Joelho em valgo ( pra dentro )
  • Pé em pronação
  • Aumento súbito tempo corrida,
  • Treinar em terrenos irregulares, subidas e descidas
  • Selim da bike muito alto
  • Sapatilha da bike com rotação interna

Como principal sintoma da STIT – SINDROME TRATO ILIOTIBIAL é a dor, um pouco acima da linha articular joelho, parte lateral.

Tratamento: medicamentoso ( sempre orientado por um médico ), fisioterapia, em casos mais crônicos, preconiza se parar atividades e fazer o tratamento, retornando gradualmente aos esportes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s