Atletas de fim de semana – cuidados

Por Ft.Priscila Cardoso – Fernandes Fisioterapia em parceria com Ft.David Homsi

Andar de bicicleta ou caminhar? Uma corrida leve ou um futebol com os amigos?

O sedentarismo afeta 80% da população mundial. O exercício físico moderado diminui o risco de morte em 28% nos homens e 35% nas mulheres e por isso as atividades físicas, mesmo que apenas nos finais de semana, trazem qualidade de vida e bem estar.

O mais importante é não deixar que essas atividades tomem proporções desnecessárias e passar dos limites, pois aí as chances de surgirem lesões mais graves como crises hipertensivas, desidratação e outros problemas é muito maior.

As lesões mais comuns sofridas pelos atletas de fim de semana são as luxações, contusões, entorses, dor muscular a chamada DMT – dor muscular tardia, rutura de ligamentos em quem joga bola principalmente o LCA-Ligamento Cruzado Anterior e fraturas.

Já quem pratica a corrida de rua, àquela pessoa que vai dar apenas uma corridinha, segue as principais lesões: fraturas por stress, tendinite patelar ou do mecanismo extensor, DMT, lombalgias, dentre outras.

E para aproveitar o exercício físico sem correr riscos seguem abaixo algumas dicas bem fáceis:

  • Em primeiro lugar, conheça seu corpo detalhadamente. É preciso conhecer sua condição física, saber se está em situação favorável para a prática esportiva e para isso é necessário consultar um médico e realizar alguns exames antes;
  • Capriche no aquecimento e no alongamento antes do exercício; o alongamento é uma prática fundamental para o bom funcionamento do corpo, proporcionando maior agilidade e elasticidade, e sem ele o risco de uma lesão aumenta consideravelmente;
  • Use calçados próprios à prática de esportes e roupas confortáveis;
  • Alimente-se bem, mas não coma demais. A alimentação adequada antes do exercício previne a hipoglicemia, evita a sensação de fome antes ou durante o exercício esportivo e disponibiliza energia para a contração muscular durante a atividade física;
  • Beba água! É fundamental que o corpo esteja bem hidratado;
  • Controle sempre sua freqüência cardíaca. O cálculo é bastante simples: Subtraia sua idade do número 220. O número obtido é a freqüência cardíaca recomendada para sua faixa etária, porém o ideal é que os batimentos cardíacos sejam 60% desse resultado em qualquer prática esportiva;
  • Se durante a prática do exercício sentir algo diferente como falta de ar excessiva, dor de cabeça, dor abdominal persistente, pare tudo! Pode ser um sinal de seu corpo de que algo está errado. Procure um médico, faça uma check up se necessário e só depois volte a prática.

Agora se você  acha que basta bater uma bola e dar uma corrida no fim de semana e está tudo certo, errou!! A melhor forma de manter uma boa condição física é praticar atividades físicas regularmente, SEMPRE!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s