Importância do exame Isocinético na Reabilitação Pós Lesão em Joelho

Por David Homsi

Hoje muito se houve falar tanto nos meios esportivos como nos médicos sobre “exame isocinético”, mas muita gente ainda não sabe o que é e para que serve este exame.

O treino de força isocinética vem do grego: velocidade igual. Foi um método desenvolvido nos anos 60 no qual a musculatura exerce a mesma tensão ao longo das diversas fases do movimento. O valor da resistência pode ser ajustado numa máquina, através da qual é imediatamente regulada a rapidez de execução do movimento. Um movimento rápido dentro do exercício é compensado e evitado através de uma resistência automaticamente elevada.

O treino de força isocinética é um complemento do treino de força estática ( isométrico ) e dinâmica. Geralmente o treino de força isocinética é utilizado pelos atletas no período de preparação ou pós lesão. Os músculos fortalecem-se dentro de dois a três meses através do treino isocinético. Mais tarde procede-se segundo os métodos usuais do treino de força dinâmica, e repete-se o treino de força isocinética uma ou duas vezes por semana.

Hoje muito se utiliza do treino isocinético no futebol, tanto em pré temporada ( avaliar musculatura prevenindo assim algum tipo de lesão ) como também em treinos diários ( casos de déficit maior que 15% entre as musculaturas agonistas e antagonistas ( joelho ).

Mas este exame não se restringe apenas ao futebol, qualquer praticante de alguma modalidade esportiva pode se utilizar deste método tanto para treinos quanto para avaliações.

Em casos de atletas com algum tipo de lesão no joelho, seja ela, muscular ou ligamentar por exemplo, é de extrema importância no retorno ao esporte realizar o exame isocinético, pois assim temos como mensurar o “déficit” em relação a força, potência e resistência da musculatura da coxa, tanto anterior ( quadríceps ) como em posterior ( ísquiostibiais ).

Veja no vídeo abaixo, o triatleta Ralf Krause: Após alguma sessões de fisioterapia devido há um estiramento muscular e depois evoluiu para uma tendinite do tracto ilio tibial, recomendei que fizesse este exame a fim de diagnosticar um desiquilíbrio muscular, que poderia estar causando estas lesões.

Triatleta Ralf Krause / Ft.David Homsi

www.ralfkrause.com.br

Local exame: sportslab: www.sportslab.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s