Doenças ligadas à alimentação: consciência e tratamento

Fonte: GSSI – Gatorade Sports Science Institute. Acesse: www.gssi.com.br

em parceria com Ft.David Homsi

Doenças ligadas à alimentação: consciência e tratamento

 

A intensa necessidade de alcançar a correta composição corporal para o bom desempenho pode levar o praticante de atividade física a adotar métodos não saudáveis de controle de peso ou a adquirir padrões que o levam a alimentar-se desordenadamente.

 

Fatores de risco

– Fazer dietas na idade jovem ou “ganhar peso” em alguns esportes em particular;

– Fatores de personalidade – Esforço, perfeccionismo, determinação, competitividade;

– Experiências traumáticas com ganho de peso/ comentários sobre peso;

– Aumento súbito no treinamento;

– Circunstâncias emocionais – uma contusão ou a perda de um técnico;

– Esportes que enfatizem magreza ou requeiram classificação por peso (corrida de longa distância, ginástica, mergulho, remo, luta, levantamento de peso).

 

Tríade que afeta atletas mulheres

Trata-se de três doenças que ocorrem em meninas e mulheres ativas fisicamente:

 

  1. Comer desordenadamente

Comer desordenadamente abrange uma variedade de comportamentos alimentares e/ou características que são consideradas anormais;

Anorexia nervosa é caracterizada pela recusa em se manter com um peso normal, medo intenso de ganhar peso, imagem distorcida do corpo e amenorréia.
Bulimia nervosa caracteriza-se por métodos anormais de evitar o ganho de peso e auto-avaliação baseada na forma e no peso do corpo. Comportamentos graves relacionados à alimentação desordenada incluem o uso de remédios para emagrecer, laxativos, diuréticos, vômitos e jejuns em um esforço para controlar ou perder peso corporal. Comportamentos como estes podem resultar em desempenho prejudicado, amenorréia e até morte.

  1. Amenorréia

Amenorréia é a ausência da menstruação e pode ser de dois tipos. A alimentação inadequada para as atividades da atleta pode levar a interrupções no ciclo menstrual dela e à perda prematura de osso.

 

  1. Osteoporose

A osteoporose é definida como uma diminuição de massa óssea por má formação e perda prematura de osso, resultando em um risco maior de fragilidade e fratura. Com a interrupção ou suspensão do ciclo menstrual há uma perda de estrógeno, o que pode levar a uma diminuição da massa óssea, colocando o indivíduo em risco de fraturas e até osteoporose prematura.

 

Sinais de aviso

Uma atleta pode mostrar muitos sinais e sintomas que constituem avisos de uma ou mais doenças:

– Desempenho inferior;

– Fuga de eventos sociais com a equipe e amigos;

– Preocupação com o peso, comida e calorias;

– Perda de peso ou manutenção de peso corporal baixo;

– Baixa auto-estima;

– Lesões freqüentes, possivelmente em razão de exercício excessivo;

– Diminuição de energia;

– Medo de ganhar peso;

– Mudanças de humor;

– Sintomas depressivos;

– Bebedeiras e uso de purgantes.

 

Tratamento efetivo

O tratamento ideal e efetivo para as doenças citadas requer uma equipe de profissionais que inclui um médico, um psicólogo e um nutricionista. Também pode abranger treinadores, técnicos de força e condicionamento e outros assistentes atléticos. Um técnico ou treinador atlético pode facilitar o tratamento expressando preocupação pela alegria e bem-estar do atleta. Comentários sobre os sentimentos do praticante de atividade física serão mais bem recebidos do que observações sobre peso e comportamentos alimentares. Uma vez que o técnico ou treinador tenha a confiança do indivíduo, o encaminhamento para um membro da equipe de tratamento pode ser sugerido com delicadeza.

 

Fonte: GSSI – Gatorade Sports Science Institute. Acesse: www.gssi.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s