Artigo site Nikecorre.com

Nikecorre.com

Veja por que é tão importante determinar o tipo de pisada

19 DE FEB DE 2009, 04:02  TREINAMENTO

‘Não basta só olhar para os pés do corredor. É importante observar joelhos e quadril, em movimento e parado’. Quem afirma é o fisioterapeuta especialista em esporte e corrida, David Homsi, da clínica Dr. Osmar de Oliveira. E ele garante: definir corretamente a maneira como você pisa ao caminhar e correr é fundamental na escolha do tênis apropriado, evitando lesões e dores posteriores.

Antes de mais nada, é preciso lembrar que teste de pisada não é observar o desgaste da sola do calçado. Segundo dr. David, isso costuma levar a um diagnóstico errado, do chamado ‘falso supinador’. ‘É preciso analisar quando e como o calcanhar toca o solo’, explica.

Fique atento às características abaixo e, se rolar alguma dúvida, faça um novo teste de pisada, de preferência numa clínica de fisioterapia ou ortopedia.

Pronadores

Pronadores tem a pisada para dentro, apoiando o pé mais internamente. ‘A maioria dos pronadores apresenta joelho valgo, isto é, curvo para dentro. Isso força não só os próprios joelhos, podendo levar a dor e problemas de menisco, como também o quadril’, explicou o fisioterapeuta.

Além disso, os casos de pronação costumam ser mais frequente entre as mulheres, devido à anatomia preparada para a gravidez e o parto. ‘O quadril mais largo acaba forçando os joelhos, que se curvam para dentro. Para manter o equilíbrio do corpo, o ponto de apoio dos pés fica mais interno, provocando a pisada pronada’. E ainda completa: ‘Isso é conhecido como joelho em X’.

Supinadores

A pisada supinada é a mais rara dos três tipos. Acontece quando o ponto de apoio do pé é na região mais externa. ‘Nesse caso, o corredor costuma ter joelhos varos, ou seja, abertos’, disse o dr. David.

Neutros

Os sortudos que têm pisada neutra não apresentam nenhum tipo de desvio ao caminhar ou correr. ‘Os neutros não sofrem nehum desabamento lateral do calcanhar. O pé toca o solo corretamente e o ponto de apoio é central’, explica.

No caso dos neutros, as pressões são equilibradas e suportadas de maneira certa pelos joelhos e quadris.

A seguir

Nos próximos posts vamos tratar das lesões e dores mais comuns, e quais os tênis recomendados para cada tipo de pisada. Fique ligado!

Escrito por: Rachel Juraski, Nike Blogger

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s